ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

Principais formas de Comissionamento e Plataformas de Afiliados

Há poucos dias nós conversamos aqui, no Mestre do Adwords, sobre o marketing de afiliados.

Explicamos por meio de um conteúdo o que ele é e como funciona. Nesse artigo, a gente também prometeu lhe trazer um material exclusivo sobre as principais formas de comissionamento e plataformas de afiliados no Brasil.

Você lembra?

Então, hoje, nós viemos cumprir a promessa!

Aproveite agora todas as informações.

Quais são as principais plataformas de afiliados no Brasil?

O mercado de afiliados brasileiro está em expansão. Por isso já há grandes empresas que oferecem plataformas de qualidade. Entre elas:

 

Principais-formas-de-Comissionamento-e-Plataformas-de-Afiliados

 

  • Lomadee: Uma gigante no Brasil, a plataforma oferece um enorme volume de anunciantes para afiliação. Inclusive, de grande porte, como a submarino.com e americanas.com. O que afiliados relatam é que o pagamento por meio da Lomadee paga uma vez ao mês via Bcash, geralmente dia 10, por isso, é importante que você verifique as especificações de comissionamento, prazo e formas de pagamento para entender se atende a sua maneira de trabalho.
  • Submarino: Sim! O Submarino tem um programa de afiliados próprio e seu comissionamento principal é com base nas suas vendas. O interessante aqui é que trata-se de uma marca de grande credibilidade no mercado, já conhecida do grande público. Verifique as especificações de formas de pagamento e prazos.
  • Hotmart: Uma das pioneiras e maiores em atividade no Brasil. Entre os anunciantes em seu catálogo está o Buscapé, que traz uma série de possibilidades aos publishers afiliados. A empresa, geralmente, oferece comissionamento fixo que é pago pelo próprio anunciante ou infoprodutor. Apesar de ter muitos produtos, os publishers das áreas do marketing digital, performance pessoal, fitness, saúde e bem estar costumam ser sempre muito bem servidos de oportunidades aqui.
  • Uol Afiliados: A exemplo do Submarino, a Uol também tem sua própria plataforma de afiliados. Seu comissionamento tem base no volume de cliques, mas é uma opção bastante interessante para quem trabalha dentro do nicho de cursos. O seu grande diferencial é a possibilidade de personalizar os anúncios.
  • Eduzz: Mais nova no cenário brasileiro do que as outras, a Eduzz também é uma plataforma de peso dentro dos programas de afiliados. Oferece diversas opções de afiliação e ferramentas bastante úteis. Sua plataforma aceita produtos físicos, assim como os digitais. Publishers que trabalham com os nichos de saúde, beleza, estética e educação, como línguas e música, pode encontrar produtos promissores aqui.
  • Monetizze: Uma das mais novas do mercado, lançada em 2015, a Monetizze chegou para estabelecer seu lugar e engolir as concorrentes que não estiverem ligadas. A plataforma é muito bem servida de produtos/cursos, especialmente, na área de internet marketing, bem estar e saúde.

Apesar de serem nomes já conceituados é fortemente indicado que você avalie muito bem cada particularidade das plataformas para entender quais delas lhe atende melhor.

Há afiliados que trabalham com mais de uma ou com todas, mas mesmo nessa possibilidade é importante que você entenda o funcionamento e as regras de cada uma para não sofrer depois com surpresas desagradáveis,

Por exemplo, a Eduzz tem uma taxa de transferência bancária de cerca de R$9 reais, a Hotmart cobra R$1,99 por saque, já a Monetizze não cobra por saques maiores que R$500, caso você faça apenas um por semana.

Há outras diferenças bastante grandes entre elas. Inclusive sobre um ponto crítico nesse mercado, o rastreamento de comissões, por isso, tenha atenção.

Agora que você conhece as principais plataformas de afiliados, vamos descobrir quais são as formas de comissionamento mais comuns?

Vem com a gente!

Formas de comissionamento mais comuns no Marketing de Afiliados

 

Principais-formas-de-Comissionamento

 

Como vimos no outro conteúdo, no marketing de afiliados a regra é quase sempre a mesma, o publisher escolhe um produto ou serviço para se afiliar e então começa a divulgação para gerar vendas. E por essas ações é comissionado.

Só que dependendo do produtor, do anunciante ou plataforma de programas de afiliação, há formas de comissionamento.

Nós iremos lhe apresentar as mais comuns dentro do setor. São elas:

  • CPA: Também conhecido como Custo por Ação, o CPA é uma forma de comissionamento que paga ao publisher toda vez que o anúncio em questão gerar uma ação do usuário. Essa ação precisa estar dentro da lista estipulada pelo anunciante como “conversão”. Entre as opções pode estar a compra, inscrição na lista do site, acesso à uma página específica, entre outras. Essa é uma das formas de comissionamento mais utilizadas. A Lomadee, por exemplo, tem essa opção. Em algumas plataformas o CPV (Custo por venda) e o CPD (Custo por Download) podem ser enquadradas dentro do CPA.

Nesse caso, é importante verificar o valor pago pela ação, se ela é uma porcentagem sob o valor do produto ou fixa por categoria, por exemplo.

  • CPL: Este é o Custo por Lead, também bastante usado no marketing de afiliados. Nessa modalidade, o publisher recebe a sua comissão cada vez que um usuário vindo de seu tráfego realiza o cadastro na lista de e-mail ou outro formulário estipulado.

Nessa modalidade você deve verificar as “entrelinhas” porque há plataformas que exigem a validação do lead pelo anunciante para só então pagar a comissão.

 

afiliados-plataforma

 

  • DPC: Custo por Duplo Clique é o formato de comissionamento que paga ao afiliado sempre que o usuário clicar duas vezes durante o processo. Por exemplo: O usuário clica no banner e é redirecionado para uma página de produtos e, nela, clica no link de um item específico.

Esse tipo de comissionamento é um pouco mais complexo, porque depende muito do perfil do público alvo. Por isso, se for escolher esse método, estude muito bem os aspectos e as variáveis de impacto no comportamento do seu tráfego e, consequentemente, nos seus resultados.

  • CPC ou PPC: Este é o comum custo por clique ou Pay Per Click. O comissionamento por CPC é feito quando o alvo clica no anúncio em questão.

Atenção: Nesse caso, na maioria das vezes, considera-se, apenas, um click por dia do IP originário da ação.

  • CPM: Custo por Mil é aquele que paga a comissão ao afiliado sempre que o anúncio atingir mil visualizações.

Geralmente, esse tipo de comissionamento não é condicionado à outras ações, além da visualização.

  • CPS: Cost per Sales ou Custo por Venda essa é uma forma de comissionamento muito confundida com o CPA. Só que na verdade aqui só ocorre pagamento ao afiliado quanto for feita especificamente a venda/compra de algo.

Dependendo das especificações da plataforma o CPS pode ser englobado pelo CPA.

  • CPO: Embora menos comum, o custo por abertura de e-mail é a modalidade de comissão que paga ao publisher toda vez que um usuário vindo do tráfego dele abre um e-mail do anunciante.

Nesse tipo de remuneração há plataformas que oferecem valor fixo e outras porcentagem dependendo do tipo de e-mail aberto.

  • CPD: Um pouco menos popular, esse é o custo por disparo, que paga ao afiliado um valor fixo cada vez que um volume de e-mail marketing especificado é enviado.

Algumas plataformas identificam o CPD como custo por dia. Tendo regras diferenciadas para o pagamento da comissão.

  • CPI: Essa modalidade é bastante confundida com o CPD (Custo por Download), porque trata-se de uma remuneração por instalação. A diferença é que o CPI (Custo por Instalação) refere-se especificamente a softwares para computadores. Já o CPD, geralmente, para aplicativos e conteúdos feitos para dispositivos móveis.

É interessante verificar, pois algumas plataformas também utilizam o CPD para conteúdos como e-books, independente do dispositivo utilizado para baixar o arquivo.

Embora esses sejam os principais tipos de comissionamento do marketing de afiliados, há outros e, até mesmo, diferentes nomeações. Então fique sempre atento às especificações. Na dúvida, pergunte diretamente à plataforma.

É isso! Esperamos ter lhe ajudado.

Dúvidas? Mande sua pergunta pelos comentários.

Forte Abraço.

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog