ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

5 Dicas para que você otimize sua campanha

Para trabalhar anúncios cada vez mais eficazes e poderosos no Adwords, é necessário que você sempre otimize sua campanha.

Apesar de muita gente achar que anunciar trata-se de criar alguns anúncios e colocar para rodar, isso não é verdade.

Para obter resultados positivos, é preciso se dedicar a essa prática, sobretudo, trabalhar com avaliação de métricas em prol de resultados com base no comportamento do seu mercado em geral e, claro, do seu público alvo.

Obviamente, se você já conhece o básico das campanhas de links patrocinados, sabe que o responsável pela validação da sua estratégia é o seu público alvo, como ele lida e interage frente ao que você oferta a ele.

Não existe receita de bolo, fórmula mágica para que os resultados surjam, o verdadeiro segredo do sucesso cada vez mais concreto é a otimização.

Foi por ter certeza disso que nós, do Mestre do Adwords, resolvemos elaborar esse conteúdo.

Nele, nós lhe daremos dicas para que você otimize sua campanha e alcance os sonhados resultados positivos.

Vem com a gente, pois temos muito para lhe entregar!

 

5 Dicas para que você otimize sua campanha

 

#1 – As Palavras-Chave

Não tem jeito, para que você otimize sua campanha de links patrocinados, será preciso uma estratégia sólida que envolva logo de início as palavras-chave.

Sabemos que são elas as comandantes do sistema de busca e ranqueamento do Google, não é?

Por isso, elas devem ser um importante alvo de otimização das suas campanhas.

A recomendação é começar pela verificação frequente do seu relatório de termos, aquele que aponta as principais palavras-chave utilizadas pelos seus potenciais consumidores antes deles chegarem efetivamente ao seu anúncio.

O relatório deve ser analisado com cuidado, pois o objetivo é descobrir termos interessantes para utilizar nas campanhas e também aquelas palavras-chave que levam seu ROI lá embaixo, as famosas candidatas à lista negativa.

Com sua campanha já rodando, pegue os relatórios de desempenho e localize:

  • Termos caros que não trazem bom retorno e pause. Isso porque, geralmente, eles só estão levando o índice de desempenho da sua campanha para baixo e te dando custo desnecessário.
  • Termos que lhe trazem ótimos retornos e busque novos a partir das variações deles.

Para finalizar, colha algumas palavras-chave interessantes, tanto pelo mal desempenho quanto pelo bom, e vá até a Keyword Planner para descobrir dados reveladores sobre elas, como o volume de busca mensal e novas ideias, assim será mais fácil construir uma estratégia contundente.

#2 – Grupos de Anúncios

Sempre que podemos, salientamos a importância de estruturar suas campanhas desde o início com uma boa distribuição e organização nos grupos de anúncios.

Aqui mais uma vez essa questão aparece nitidamente, pois para que você otimize sua campanha com mais qualidade, isso é necessário.

O indicado para ter uma otimização incrível é criar um maior volume de grupos de anúncios, tendo em cada um deles poucas palavras-chave.

Claro, eles devem obedecer uma divisão por categorias dos anúncios e itens anunciados, por exemplo:

  • Vamos imaginar que o seu negócio trata-se de uma loja online de maquiagem.
  • Na hora de criar seus grupos de anúncios, você deve distingui-los por categorias.
  • Então, ficaria mais ou menos assim: Grupo 1 – Para Sombras, Grupo 2 – Para Batons, Grupo 3 – Para Bases, entre outros.

A partir disso, cada um dos grupos criados devem apresentar palavras-chave mais focadas na temática que ele possui, o que resultará em exibições cada vez mais assertivas.

#3 – Otimizando o conteúdo

Para que suas campanhas tenham um desempenho cada vez melhor, elas devem estar interligadas pelas palavras-chave, como se fosse um caminho demarcado para que o Google entenda que ali está uma estrutura relevante que trata do assunto e pode oferecer o que o usuário busca e precisa.

Isso também fará com que o usuário tenha mais confiança em clicar no seu anúncio quando ele for exibido.

Enfim, para ter uma boa qualidade nessa otimização, pegue as principais e mais relevantes palavras-chave das suas campanhas e distribua-as nos anúncios correspondentes.

Por exemplo:

  • Vamos utilizar o mesmo exemplo anterior, o da loja de maquiagem.
  • Imaginemos que você criou um anúncio para batons mate, outro para sombras 3D e um terceiro para bases para pele negra.
  • A partir disso, você irá em cada grupo de anúncio e analisará as palavras-chave mais relevantes neles.
  • Depois de terminar, você incluirá algumas dessas palavras-chave no texto do anúncio correspondente ao tema, claro, de forma natural, sem repetições que deixam tudo parecendo uma propaganda massiva.
  • Inclua também esses termos nas páginas de destinos de cada item anunciado.

Tudo pronto até aqui? Então é hora de dar o próximo passo…

Bem, como falamos, o ideal é interligar as partes da sua campanha com as palavras-chave, levando isso em consideração, sempre que possível, coloque-a também no título do anúncio, sem forçar a barra, é claro.

Se quer ser ainda mais direto e, consequentemente, dar uma baixada no volume de cliques que não convertem e baixo ROI, procure aplicar informações importantes no texto ou logo no título do anúncio, como preço do item ofertado, por exemplo.

Para otimizar a captura de interesse, utilize a estratégia de informar seu diferencial na chamada do anúncio, faça um call to action aliado ao destaque, como por exemplo:

  • Aproveite o frete grátis
  • Pegue seu brinde exclusivo já
  • Garanta seu desconto de 80% agora.

 

5 Dicas para que você otimize sua campanha,

 

4 – Páginas de Destino

Logo acima falamos sobre as páginas de destino, mas separamos um tópico especial para falar sobre o assunto, pois é de extrema relevância.

Apesar de muita gente ainda não saber ou teimar em ignorar essa informação, as páginas de destino são encaradas pelo Google como parte IMPORTANTE das suas campanhas.

E se você parar para observar, apenas, alguns minutos, entenderá o porquê disso tudo, afinal, elas são nada menos que o local para onde o seu potencial cliente é direcionado após clicar em um de seus anúncios.

Correto?

Por isso, elas devem estar muito bem preparadas para recebe-los, otimizadas ao máximo para favorecer a conversão.

Não adianta você fazer um ótimo anúncio do produto A, chamativo, com palavras-chave direcionadas, se no momento crucial para a conversão, você direciona o seu potencial consumidor para uma página do produto B, ou pior, para uma página genérica, como a home de um site, onde ele terá que fazer toda a busca novamente.

Concorda que isso só piora a experiência do usuário?

Para o anunciante essa ação nada mais é do que nadar, nadar e morrer na praia, pois há grandes chances do usuário simplesmente ir embora do site para refazer a busca e encontrar o seu concorrente.

Tem mais, o Google vê isso como uma péssima prática e, portanto pode baixar o seu índice de qualidade, abrindo uma reação em cadeia prejudicial para a sua conta de anunciante.

Para evitar todo esse problema, procure:

  • Verificar o link de saída de cada anúncio, para isso, aponte links amigáveis e fáceis de reconhecer.
  • Criar páginas específicas para cada item anunciado, nela deve conter informações relevantes e mais detalhadas sobre o produto ou serviço, o objetivo é sanar todas as dúvidas do potencial consumidor e quebrar as objeções que ele ainda possui para converter.
  • Preparar uma página amigável, ou seja, com bom design, organizada, com botões de conversão em destaque, com fotos de qualidade, carregamento veloz e, claro, responsiva.

5 Dicas para que você otimize sua campanha..

 

#5 – Campanhas com Baixo Desempenho

Pode ser que você tenha chegado até esse conteúdo porque seus anúncios estão apresentando baixo desempenho em geral por longos períodos…

Nesse caso, a primeira indicação para que você otimize sua campanha é olhar os relatórios de desempenho, ajustá-los conforme as dicas anteriores e com base nisso injetar um pouco mais de investimento nelas.

Essa atitude, possivelmente, dará uma impulsão no posicionamento dos seus anúncios e poderá lhe trazer melhores resultados.

Por outro lado, se você já tentou de tudo e percebeu que a estruturação da sua campanha já está condenada, desencana e parte para outra. Nesse casos, o melhor mesmo é um criar tudo novo.

Para agilizar toda essa nova estrutura, utilize a ajuda do Adwords Editor, um recurso gratuito que o Google oferece aos seus anunciantes. Nele, você consegue gerenciar suas campanhas e fazer modificações em massa, além de ter uma maior organização de maneira geral.

 

É isso! Esperamos que você tenha curtido as dicas apresentadas. Agora é hora de testar e colocar a mão na massa.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente pelo box de comentários abaixo ou pelas redes sociais do Mestre do Adwords. Nós lhe retornaremos com maior prazer.

Nos vemos em breve, sucesso sempre!

Forte Abraço.

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog