ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

Neuromarketing – O Que É e Como Funciona?

Neuromarketing é um termo que vem crescendo bastante nos últimos anos, inclusive, dentro de estratégias de negócios do mercado digital.

Muito provavelmente, você já até ouviu falar nele, mas talvez não esteja ligando o nome à pessoa.

Esse enfoque no Neuromarketing não é uma tendência que ocorreu por acaso, isso porque ele vem sendo usado para desvendar alguns segredos do cérebro humano em prol do marketing, resultando em melhores retornos para os mais variados tipos de negócios.

A principal pergunta que se busca responder através do Neuromarketing é:

  • Porque os usuários acabam sendo captados por determinados produtos e não por outros?

De modo geral, podemos dizer que no Neuromarketing, os profissionais à frente de negócios e estratégias que buscam gerar cada vez mais conversões, adquirem a possibilidade de entender como funciona o cérebro dos usuários na hora em que estão no momento de se decidir.

É claro, essa vantagem expande o entendimento sobre o comportamento do potencial cliente durante o ciclo de consumo, principalmente, nas tomadas de decisões.

Você sabe, conhecer o comportamento do consumidor é algo extremamente importante para que você faça o seu negócio crescer exponencialmente, degrau à degrau, até chegar no topo.

Sabendo do grande potencial do Neuromarketing nos negócios, nós, do Mestre do Adwords resolvemos criar esse conteúdo.

O objetivo é te ajudar a entender do que se trata e o funcionamento da técnica, ao qual você poderá implementar no seu negócio e impulsionar os seus resultados.

Ficou interessado? Então fique com a gente até o final.

 

Neuromarketing-aplicaçao

 

Afinal, o que é Neuromarketing?

Podemos dizer que Neuromarketing é, basicamente, uma área de estudos que pretende buscar conhecimento sobre o comportamento humano correlacionados às área de neurociência, marketing e tecnologia.

A primeira incidência conhecida desse termo é mostrada pela Harvard Review of Psychiatry, através de uma publicação que trata sobre definições e práticas.

O artigo aponta para um comunicado de autoria da imprensa de uma empresa de publicidade localizada em Atlanta, no ano de 2002.

Este comunicado trazia uma novidade: A concepção de um setor profissional que começaria a usar a FMRI (Ressonância Magnética Funcional) com a finalidade de realizar pesquisas de mercado.

Naquele momento a ideia parecia um tanto quanto excêntrica na visão do senso comum, principalmente por esse tipo de ação ser vista especialmente em consultórios, utilizada por neurocientistas, quase sempre para entender as funções elétricas dentro da atividade cerebral.

A tecnologia denominada EEG (Ressonância magnética funcional e eletroencefalográfica), visa olhar e observar de modo mais próximo a atividade neuronal, a partir das ondas elétricas cerebrais padrão.

Mais do que isso, esse tipo de exame consegue medir a intensidade das respostas geradas pelo cérebro, como as emoções, desejos e até mesmo sensação de dor e raiva.

Você pode estar se perguntando neste momento:

  • “O que esse exame ou tecnologia tem a ver com o marketing?”

É bem simples. Como tornou-se possível medir a maneira como o cérebro responde à determinados estímulos e situações geradas, é perfeitamente real a possibilidade de usar esse artifício para compreender quais são os pontos cerebrais que levam o indivíduo à tomar decisões.

Muitos experimentos, inclusive em prol da detecção de alterações neurais que geram psicose e esquizofrenia, estão sendo feitos por grandes nomes da saúde, como a Academia Nacional de Medicina da Espanha.

É claro, descobertas de tamanha grandiosidade, permitiram que a tecnologia também fosse aplicada dentro de ambientes corporativos, em prol do marketing e do processo que o leva a ser cada vez mais eficaz.

Como dissemos no início, a principal base do sucesso de uma estratégia de marketing é entender o mais profundamente possível o potencial consumidor ao qual ela se destina.

E como vimos, o Neuromarketing visa exatamente isso, descobrir como o cérebro funciona na hora do consumo, principalmente, no momento da tomada de decisão.

Um dos grandes nomes do Marketing, Philip Kotler, diz que as estratégias de marketing devem respeitar uma lei principal: Ajudar o consumidor!

Isso deixa claro que divulgar algo para, apenas, vender, não funciona. O que reforça mais uma vez o poder do Neuromarketing, que tem sua base firmada no entendimento do comportamento na hora do consumo.

Obviamente, o conhecimento adquirido nessa área deve seguir o ensinamento de Kotler, ou seja, não apenas vender, mas ajudar o consumidor da melhor forma, gerando um relacionamento, uma conexão, que o elevará de um simples cliente à um grande fã da sua marca.

 

Neuromarketing

 

Como o Neuromarketing Funciona?

O Neuromarketing é algo muito mais profundo do que uma simples técnica revolucionária para melhorar as conversões.

Isso porque, como você pôde perceber até aqui, ele leva em conta as atividades cerebrais e o processo ao qual ela é estruturada.

Antes de querer aplicar esta técnica ou usufruir de seus extraordinários resultados é muito importante que você entenda como ela funciona.

Para tal, precisaremos falar sobre como o nosso cérebro funciona e como ele evoluiu ao longo do tempo.

Afinal, só assim você conseguirá abranger como o Neuromarketing é utilizado para entender o seu potencial cliente.

Veja bem, ao longo da evolução humana, datada de bilhões de anos, o cérebro sofreu mutações.

Segundo estudos, o primeiro cérebro conhecido e analisado é denominado reptiliano. Ele é composto pelo cerebelo e o tronco encefálico. Podemos dizer que é a versão mais “básica” desse poderoso motor. Esse setor, é conhecido por ser aquele que gera as ações comportamentais de instinto e de noção para garantir sobrevivência.

 

brain_neuroscience

 

Então, o setor reptiliano do cérebro humano é aquele que controla as funções motoras, sensoriais, de reflexo e as mais básicas, mas vitais, como a respiração, pressão, batimento do coração, digestão, entre outras.

O cérebro de categoria média é conhecido por mamífero, ele é composto pelo sistema límbico. Esta é a evolução do reptiliano. É a parte do cérebro que gera as emoções, além das memórias. Essa dupla acaba tornando possível que o ser humano se relacione com outras pessoas e seres de modo geral, como os animais.

O cérebro mais evoluído que se tem conhecimento é denominado de Neocórtex. É como se fosse o mais completo, o top de categoria. Esta parte do grande motor é responsável pelas habilidades que o ser-humano adquiri ao longo de sua evolução, como a capacidade de ler e escrever, por exemplo.

Isso quer dizer que o Neocórtex é a engrenagem que possibilita que você tome decisões com base em pensamentos complexos, faça contas, se forme intelectualmente, tenha capacidade de criar e imaginar.

É claro, atualmente, cada uma dessas partes podem trabalhar em conjunto, dependendo da situação.

Bem, agora que você sabe tudo sobre o cérebro, é imprescindível que você descubra algo que vai te deixar claro o porquê e como o Neuromarketing funciona:

  • Estudos científicos comprovam que o reptiliano é o comandante das suas ações na grande maioria das vezes.

É isso mesmo! A parte mais primitiva do seu cérebro é a que impulsiona você na tomada de decisões.

O Neuromarketing visa entender mais especificamente esta engrenagem da grande máquina, pois uma vez estabelecida a comunicação assertiva com ela, é possível conquistar o consumidor, gerando conversões consequentemente.

 

É isso. Por hoje é só! Esperamos que esse conteúdo tenha sido imensamente relevante pra você.

Ficou com alguma dúvida? Então escreva para gente. Até a próxima.

Forte Abraço.

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog