ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

Como Criar uma Buyer Persona para meu negócio?

Recentemente, aqui, no Mestre do Adwords, nós entregamos a você um conteúdo especial sobre Buyer Persona. Lembra?

Nele, explicamos do que se trata e quais são as principais diferenças entre a Buyer Persona e o Público Alvo.

Além disso, também mostramos o quanto é importante direcionar as suas ações de marketing à construções de clientes ideais mais específicos.

Como o conteúdo já estava extenso, combinamos de elaborar um material exclusivo para lhe ajudar a criar uma Buyer Persona para o seu negócio.

E aqui estamos hoje, para cumprir o prometido.

Venha com a gente e entenda de forma simples e eficiente como criar uma persona para o seu negócio

Não fique parado aí!

 

Como-Criar-uma-Buyer-Persona-para-meu-negócio

 

Afinal, como criar uma Buyer Persona?

Se você teve a oportunidade de ler o conteúdo anterior, sabe que para construir Buyer Personas de maneira correta é preciso agrupar pesquisas e dados detalhados e reais sobre os potenciais consumidores e consumidores da sua marca.

O que talvez ainda seja uma dúvida para você é:

  • “De onde e como extrair esses dados?”.

Há diversas maneiras, a começar pelos seus relatórios de desempenho e métricas de campanhas, por exemplo.

Se caso esses dados não sejam confiáveis ou simplesmente você não os tenha, uma pesquisa ou entrevista podem resolver a questão.

É importante ressaltar que dependendo do tamanho dos objetivos e metas que você pretende alcançar, a amostra dessa pesquisa deverá ser maior ou menor, pois isso lhe entregará um grau maior de confiabilidade dos resultados. Ok?

Você pode começar pelos clientes que sua marca já possui. Entrevistando-os através de um simples formulário com perguntas para entender melhor as particularidades desses indivíduos.

Para ter resultados ainda melhores, ou caso você ainda não tenha clientes, faça um estudo de público alvo e depois uma pesquisa com as pessoas desse grupo que se aproximem da Buyer Persona desejada.

Você deve estar pensando:

  • “Ok! Já sei como e com quem fazer a pesquisa, mas o que eu vou perguntar a essas pessoas?”.

Lembre-se, o seu intuito é conhecê-las mais profundamente com o objetivo de conseguir traçar perfis mais específicos dos clientes ideais do seu negócio.

Sabendo disso também é importante estar ciente de que as perguntas podem mudar dependendo do seu tipo de negócio e características da persona.

Embora possa haver distinções nas perguntas, há algumas que se encaixam em quase todas as ocasiões, iremos lhe mostrar à seguir quais são elas.

Descobrindo Dados Demográficos da Buyer Persona

Para traçar a sua Buyer Persona é importante que você tenha desde os dados mais básicos até os mais peculiares.

 

Criar-uma-Buyer-Persona-para-meu-negócio,

 

Então, uma boa maneira de começar é coletando os dados demográficos através de sua pesquisa.

Certifique-se de ter perguntas para obter dados como:

  • Idade
  • Gênero
  • Localização, inclusive do local de trabalho.
  • Composição familiar. (Se tem filhos, se é casada(o)).

Após essa etapa, você deve evoluir para os dados socioeconômicos.

Coletando Dados Socioeconômicos da Buyer Persona

Para ter dados mais concretos e confiáveis, opte por perguntas diretas e que são facilmente entendidas pelo entrevistado.

Nessa fase, você deve descobrir dados sobre o “poder aquisitivo” da Buyer Persona, então certifique-se de coletar dados como:

  • Renda mensal.
  • Se possui casa própria ou mora de aluguel.
  • Se moram na cidade, centro, áreas afastadas ou rural.
  • Qual cargo ocupa.
  • Qual nível de instrução, se é formado ou cursa ensino superior.
  • Se a resposta acima for sim, lembre-se de perguntar qual curso.

A próxima fase é muito importante, pois lhe mostrará alguns aspectos primordiais sobre particularidades que o faz ser seu potencial consumidor.

Entendendo Como a Sua Buyer Persona se Comporta

Nessa fase da pesquisa, você vai focar em entender peculiaridades comportamentais do seu cliente ideal. Por isso, garanta que as seguintes informações serão extraídas. Sua Buyer Persona:

  • Usa a internet para realizar pesquisas?
  • Lê algum jornal ou revista periodicamente?
  • Prefere buscar comprar pela internet ou em lojas físicas?
  • Tem contas em redes sociais? Se sim, utiliza quantas vezes por semana?
  • Qual o volume do círculo de amizades?
  • Tem conta em sites de relacionamento? Se sim, qual a frequência de utilização?

Entendendo as Dores e Necessidades da Buyer Persona

Tenha muito cuidado nesse momento, pois quanto mais detalhamento você obtiver nessas respostas, melhor será a construção da sua Buyer Persona.

 

criacao-de-personas

 

Afinal, esses dados, muito provavelmente, retratarão a solução que elas procuram e que pode ser um de seus produtos ou serviços.

Recolha dados como:

  • O principal e maior sonho do cliente em potencial.
  • As barreiras que impedem que ele realize o sonho.
  • As principais necessidades e dificuldades de seus dias.

Pronto! Você já tem boas perguntas em mãos para conseguir excelentes informações.

Claro, como dissemos, as perguntas podem variar de acordo com o seu objetivo, negócio e até cliente ideal. Só que de modo geral, quanto mais informações sobre o alvo, melhor.

Você deve estar se perguntado:

  • E agora? O que eu faço com esse monte de perguntas? Começo a mandar o questionário para as pessoas e clientes?”.

Calma! Não se desespere, a gente já vai lhe explicar.

Definindo a Buyer Persona do Seu Negócio na Prática

Antes de tudo é importante que você faça uma seleção no questionário. São muitas perguntas e nem todos as pessoas vão aceitar respondê-las, pelo menos, não tudo de uma vez. Concorda?

O ideal é que você tenha uma lista de 15 à 20 perguntas essenciais que sejam capazes de coletar os dados mais importantes e peculiares. Caso esteja com dúvidas na seleção, sempre opte por questões que possam desvendar dados comportamentais.

Isso porque elas, geralmente, lhe contam mais sobre o indivíduo como consumidor, se ele realmente se enquadra como um forte candidato para ser cliente de sua marca.

Depois de selecionar as perguntas é hora de partir para o ataque. Mande o questionário para a sua lista de e-mails, de contatos das redes sociais, vá a um determinado local onde a movimentação de prováveis consumidores da sua marca é intensa ou simplesmente faça ligações.

Quando as respostas começarem a chegar, inicie a análise e a compatibilização dos dados.

O objetivo é encontrar um padrão, isso será claramente notável quando as respostas começarem a se repetirem ou parecerem muito umas com as outras.

É bem provável que você não encontre só um padrão, mas dois, três ou até mais dependendo do seu tipo de negócio.

Esses padrões equivalem a uma Buyer Persona, ou perfil de cliente ideal da sua marca.

Encontrou o padrão? Comece a traçar o perfil e criar um personagem “semifictício”.

Dê um nome a ele, que retrate a personalidade e algumas características do seu consumidor ideal.

Quer melhorar ainda mais? Atribua uma foto a esse “personagem”.

Faça uma espécie de “Currículo”, com as características e dados extraídos, se possível monte uma história sobre a vida do indivíduo!

Sua persona estará pronta e disponível para que você visualize tudo que precisar na hora de criar e direcionar suas campanhas.

É isso! Agora chegou o momento de você colocar a mão na massa.

Ficou com dúvidas? Mande sua pergunta para nós.

Forte Abraço.

 

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog