ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

Campanha de Remarketing – Conheça Boas Práticas e Crie a Sua

Aqui, no Mestre do Adwords, nós já tivemos a oportunidade de conversar com você sobre as campanhas de remarketing.

Se você ainda não sabe ao certo do que se trata, seja porque é um iniciante nesse universo ou porque até agora não precisou utilizá-la, não tem problema.

Nós, estamos aqui para lhe ajudar.

Nesse conteúdo, a gente quer lhe apresentar boas práticas de uma campanha de remarketing, assim, sem dúvidas, você conseguirá criar a sua e melhorar seus resultados.

Ficou interessado?

Então não fique parado aí, vem com a gente!

O que é uma campanha de remarketing?

Remarketing

Nós não vamos nos aprofundar tanto nessa definição, pois como dissemos anteriormente, aqui, no blog, temos diversos materiais sobre o assunto que podem lhe auxiliar de forma mais profunda, caso precise.

A ideia é oferecer uma definição básica para lhe fazer relembrar alguns pontos importantes da campanha de remarketing. Ok?

Então vamos lá…

  • Você já foi surpreendido por anúncios em diversos locais da internet que pareciam ler seus pensamentos?
  • Você já ficou assustado ou desconfiado de que alguém podia estar lhe vigiando, já que você fez uma pesquisa sobre um item e todo site que você visitou depois exibia anúncios sobre esse mesmo item?

Bem, você já pode ficar tranquilo!

Esses anúncios fazem parte da campanha de remarketing. Uma excelente maneira de trazer interessados de volta ao seu site para realizarem a conversão.

De forma básica, a campanha de remarketing trata-se de uma estratégia que visa impulsionar as conversões, especialmente, focando naqueles potenciais clientes que já demonstraram interesse por um item que você oferta, mas não concluíram a compra naquele primeiro momento.

Esse conjunto de anúncios que compõe uma campanha de remarketing, geralmente, visam “reconquistar” o usuário que já teve contato com o item ofertado em uma campanha comum ou no próprio site, mas não chegaram a conversão por algum motivo.

Por isso, quase sempre, eles têm um apelo mais forte, apresentando ofertas melhores, descontos e técnicas que visam gerar maior impacto.

A lista de remarketing, ou seja, a lista de contatos ao qual à campanha de remarketing será exibida é criada com base em um “código de rastreio” que marca o usuário que teve contato com o item.

A partir disso, é possível criar anúncios que vão seguir esse usuário por diversos sites pela internet.

Tudo entendido?

Então vem entender quais são as vantagens de trabalhar com a campanha de remarketing.

Quais as vantagens que a campanha de remarketing oferece ao meu negócio?

Campanha de Remarketing

As vantagens são inúmeras e algumas delas você já deve ter percebido só pelo que conversamos até aqui.

Uma das principais é que sua taxa de clique pode se elevar 1000%. Interessante, não?

  • Segundo uma pesquisa feita pela Marketing Land, que analisou diversas campanhas de remarketing na América do Norte e na América Latina, a taxa de cliques desse tipo de estratégia chega à ser de 300% à 1000% maior que as campanhas da rede de display voltadas à captação de novos clientes.

Há um outra pesquisa que revela que mais de 90% dos clientes não fecham negócio logo no primeiro contato.

É por isso que as campanhas de remarketing se tornam tão eficientes, já que ela continua “acompanhando” o potencial consumidor, fazendo-o relembrar e visualizar seu item de desejo. Evitando, inclusive, que ele procure outro fornecedor por simplesmente não lembrar da oferta que você ofereceu.

As campanhas de remarketing também ajudam o potencial consumidor à continuar progredindo nas etapas do funil de vendas.

  • Você acha que esse tipo de estratégia é invasiva ou considerada importunação?

Então saiba que um estudo feito pela Inskin Media descobriu que mais de 60% dos consumidores de 20 à 29 anos acham que o remarketing é bastante relevante e impactante para que eles decidam converter.

Boas práticas para criar a sua campanha de remarketing

Campanha de Remarketing.

Não há mais dúvidas de que você pode melhorar seus resultados com a campanha de remarketing, correto?

Só que para chegar ao objetivo, é importante saber como criar a sua. É por isso que lhe apresentaremos algumas boas práticas para concluir essa tarefa com louvor.

Antes de qualquer coisa, você precisará definir onde você deseja veicular esses anúncios, ok?

Se o seu foco são os usuários de sites, então a plataforma de anúncios mais relevante no momento é o Google Adwords.

Fazendo essa escolha, sua campanha de remarketing será exibida em sites e blogs parceiros do Google, respeitando, é claro, a temática do blog e dos conteúdos disponibilizados nesse espaço.

Agora, se você prefere os usuários de redes sociais, há escolhas interessantes, como o Facebook Ads ou o Linkedin Ads, dependendo do perfil de público que pretende atingir.

Nesse caso, os anúncios de remarketing serão mostrados aos usuários dentro do Facebook, Instagram e outros plataformas da empresa, por exemplo, também respeitando a similaridade da temática da página e dos grupos.

Assim que sua escolha tiver definida ou até mesmo antes de fazer uma escolha definitiva, é importante:

  • Conhecer e Definir Seu Público Alvo: Para que você consiga obter excelentes retornos, é preciso entender que sua campanha deve estar muito bem direcionada. Isso quer dizer que não adianta anunciar para qualquer um, é preciso definir seu público alvo e, claro, conhecê-lo o mais profundamente possível.

No remarketing, dependendo da plataforma que você escolher, os públicos poderão ser definidos das seguintes formas:

  • Pessoas que já fizeram pesquisas (produto/serviço) em seu site.
  • Pessoas que já entraram em seu site.
  • Pessoas que buscaram seu site por meio de pesquisa.
  • Pessoas que procuraram informações diretas do seu produto/serviço.
  • Pessoas que procuraram informações que têm relação com o seu produto/serviço.
  • Pessoas que geraram interação com a newsletter.
  • Pessoas que geraram interação com seu conteúdo na plataforma da rede social.
  • Pessoas que geraram interação por meio do site parceiro.
  • Pessoas que interagem e tem interesse em conteúdos similares ao seu, mas fornecidos pelos seus concorrentes.

Percebe a quantidade de possibilidades? Essas são só algumas delas, por isso, antes de iniciar a sua campanha de remarketing, é muito importante você definir o público ao qual ela será direcionada.

Você também não deve deixar de lado a escolha cuidadosa dos formatos dos anúncios e também as imagens que serão utilizadas em cada um deles.

Uma coisa muito importante, mas que muita gente esquece é que os anúncios de remarketing deve ser, muitas vezes, até melhor que os seus anúncios nos formatos tradicionais.

Já que o usuário que irá visualizá-los precisa de um incentivo maior para comprar, uma vez que ele já teve um primeiro contato e não converteu.

Por isso, abuse da criatividade, ofereça descontos, cupons, ofertas especiais, exclusividades e mais.

Apenas, tome cuidado para não chatear seu alvo, sendo inconveniente ou invasivo demais.

Procure ser relevante, ajude-o antes de tentar vender, não ofereça um produto ou serviço, apresente uma solução.

 

Pronto para realizar testes e colocar a mão na massa? Esperamos ter lhe ajudado. Se ficou com dúvidas não deixe de entrar em contato.

Forte Abraço.

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog