ESTRATÉGIAS AVANÇADAS

Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)
Cadastre seu e-mail para receber dicas fantásticas de Google Adwords (GRÁTIS)

Adwords E-commerce: 3 Sacadas para Explodir em Vendas

analise-gratuira-google-adwords-telefone

O crescimento do e-commerce no Brasil ao longo dos últimos anos foi inacreditável, os dados comprovam que o brasileiro está comprando muito mais pela internet e tem perdido o medo de comprar virtualmente a cada ano que passa.

Enquanto algumas pessoas mais velhas ainda tem resistência e medo de comprar pela internet, a nova geração já está fazendo compras de qualquer parte do mundo, com apenas um clique temos acesso a lojas de qualquer lugar do Brasil, e também no exterior como China e EUA.

É de suma importância estar atento as tendências e a esse crescimento, visto que alguns empresários estão amargando prejuízos por não se dedicarem ainda a loja virtual, pois tudo indica que esse crescimento fenomenal está só começando, e me arrisco a dizer também que as compras pela internet no Brasil estão só começando.

crescimento-ecommerce-adwords

Lembre-se que montar uma loja virtual é o mesmo que montar uma loja física, ou melhor, muito parecido. Em uma loja física você precisa estar atento a localização, decoração, atendimento, vitrine, concorrência etc. e muitos empresários pecam por não dar a mesma atenção a sua loja virtual, na hora de criar uma, muitos querem comprar uma loja gratuita com um template pronto (grande roubada), não querem colocar fotos de alta qualidade, as respostas por e-mail demoram a serem respondidas e não estão atento ao seu posicionamento nos mecanismos de buscas e redes sociais, e no final dizem que a internet não é resultado e que a concorrência é alta, bom, isso é verdade pra quem não estiver preparado.

Se tivermos a mesma atenção e cuidado ao montar nossa loja virtual assim como tivemos ao criar a nossa loja física, tenho certeza que o resultado será positivo, pois ao invés de você ter aproximadamente 100k possíveis clientes em sua volta, você entrará no mundo da internet com mais de 100 milhões de possíveis clientes.

 

Atenção: Antes de você ler esse artigo eu recomendo entender o que é Exatamente Anúncio Dinâmico. Clique aqui para assistir ao vídeo. 

Como o Google Adwords pode ajudar meu E-commerce?

adwords-ecommerceO Google Adwords veio para solucionar um dos principais problemas que todos os empresários de e-commerce enfrentam, o tráfego e a conversão, ou seja, estar na melhor posição na hora que o consumidor está pesquisando pelo seu produto ou serviço, esse é o momento ideal para você fazer um clique se transformar em um cliente.

Estar nas primeiras posições do Google é peça fundamental para o sucesso de um e-commerce, podemos comparar por exemplo com uma loja física, quanto melhor a localização mais se vende, mesmo que seja um preço mais alto, e trazendo isso para o mundo virtual funciona da mesma forma, quanto melhor sua localização no Google, a tendência é que aumente as vendas consequentemente.

 

3 Sacadas para aumentar as conversões no Adwords

 

#1 Anúncios de Pesquisa Dinâmico/Grupo de Anúncios

O primeiro passo para aumentar suas conversões é se tornar o mais relevante possível para o usuário, ou seja, a criação de anúncios dinâmicos é recomendado para deixar seus anúncios com alta taxa de relevância para a palavra que está sendo pesquisada no momento.

O que é Anúncio de Pesquisa Dinâmica?

Conforme o Google “os anúncios dinâmicos da Rede de Pesquisa são semelhantes aos anúncios de texto básicos, exceto pelo título, que é gerado dinamicamente quando o anúncio é exibido, e o URL de destino, que tem requisitos específicos.” Resumindo: Quando o usuário pesquisa uma palavra chave de um produto por exemplo, o título será gerado automaticamente com o nome do produto seguido pela URL de destino.

Enfim, a regra é clara: Quanto maior a relevância, maior a probabilidade de clique, maior a probabilidade de aumento de CTR, maior a probabilidade de redução de CPC e por fim maior a probabilidade de aumentar suas conversões com um custo por clique menor.

Anuncios-AdWordsUm dos erros mais comuns que encontro em campanhas de e-commerce é a falta de relevância e especificidade dos anúncios, o que geram muitos e muitos cliques, e caros, sem ao menos ter uma conversão.

Esse Vídeo ensina como deve-se criar uma estrutura de Grupo de Anúncios no Google Adwords

E quando o investimento é relativamente baixo? Nesse caso especifico, eu prefiro criar manualmente as campanhas com o produtos onde tenho uma vantagem competitiva maior e que estão bem posicionados perante o mercado, ou seja, foque seu orçamento baixo em apenas 5 produtos de toda a sua loja virtual, assim você venderá com maior facilidade e focará em produtos com maior possibilidade de venda. Como diz Perry Belcher “Está cada vez mais difícil vender para um novo cliente, porém está mais fácil vender novamente para o mesmo cliente”. Então foque em realizar essa primeira venda e crie promoções e oportunidades para impulsionar vendas de outros produtos, isso é chamado de “upsell” e “downsell”

  • upsell = vender novamente para um cliente já conquistado com um valor acima da primeira compra realizada.
  • downsell = vender novamente para um cliente já conquistado com um valor abaixo da primeira compra realizada.

 

Dica para quem investe pouco: 6 Dicas de como anunciar no Google com um orçamento Baixo.

 

#2 Mapeie a conversão

Podemos prever o futuro baseado em fatos passados, sim é óbvio que nunca será 100%, porém estudar o passado é um ótima forma de aumentar suas chances de acertar o futuro, por exemplo, por que em uma Copa do Mundo a China nunca é cogitada para ser campeã? Simplesmente pelo fato de ela nunca ter ganho. A analogia que eu quero propor é: Por que investir em palavras que nunca geraram conversão? Ou investir em horários que não tem vendas? Ou em regiões do Brasil onde nunca compraram de você? Basicamente esse é um erro comum responsável por altos prejuízos.

Para analisar e planejar as métricas, você precisa:

  • google-adwords-grupo-anunciosEstar com todos os códigos instalados corretamente;
  • Receber em seu e-mail relatórios semanais;
  • Baseado nos relatórios, planejar futuras alterações;
  • Fazer as alterações analisadas;
  • Acompanhar os resultados.

Analise quais dados geraram a conversão:

  • Palavra-chave;
  • Anúncio;
  • Horário;
  • Dia;
  • Região;
  • Produto;
  • Dados demográficos etc.

Baseado nessa análise de dados e métricas você planejará o futuro da campanha e fará otimização no decorrer do caminho para melhorar ainda mais o resultado. O segredo para a otimização perfeita é FOCO. Então foque nos horários, dias, meses, regiões etc que geraram mais conversões, ou aumente o investimento nesse período.

Dezembro é o seu melhor mês de vendas? A região Sul compra mais de você? No período da tarde? Com as palavras XX, YY? Então não perca tempo de aumentar o investimento, coloca método de exibição acelerado e ainda deixar o CPC incrivelmente alto para não dar chance alguma a concorrência e atinja exatamente que vai comprar de você.

O custo por clique só é caro quando ele não converte, ou seja, um CPC pode ser muito barato custado R$ 20,00 e muito caro custando R$ 0,02, vamos aos cálculos básico:

Fórmula: ROIcpc = (CPC x QC) – VPmetricas-adwords

ROIcpc = Retorno sobre o investimento do clique
CPC = Custo por clique
QC = Quantidade de cliques
VP = Valor do produto

CPC = R$ 20,00
ROIcpc = (R$ 20,00 x 5) – 200
ROIcpc = R$ 20,00 – R$ 200,00
ROIcpc = R$ 100,00 (lucro)

CPC = R$ 0,02
ROIcpc = (R$ 0,02 x 15k) – 200
ROIcpc = R$ 300,00 – R$ 200,00
ROIcpc = R$ – 100,00 (prejuízo)

Como vimos no exemplo acima, o CPC de R$ 20,00 deu um lucro de R$ 100,00 para a empresa enquanto um CPC de R$ 0,02 de um prejuízo de R$ 100,00. Então a teoria de que não existe CPC barato ou caro é real, porém baseado no histórico você poderá presumir quanto será o seu CPC ideal para que não gere nenhum prejuízo para o seu negócio.

O que vale no final é o ROIcpc, quando essa palavra (dia, hora, local…) está gerando de resultado em vendas? Se você não tiver esses dados claros, você estará totalmente perdido, é o mesmo que querer acertar um alvo vendado.

 

#3 – Remarketing Dinâmico

“Com o remarketing, você pode exibir anúncios para pessoas que visitaram seu website ou que usaram seu aplicativo para dispositivos móveis anteriormente. O remarketing dinâmico vai um pouco mais além. Com ele, você exibe anúncios de produtos e serviços para as pessoas que visitaram seu site e já os visualizaram antes. Com mensagens personalizadas para seu público-alvo, o remarketing dinâmico ajuda você a gerar leads e vendas trazendo de volta ao seu site antigos visitantes para que eles concluam o que começaram. by Google

Google Remarketing: Entenda tudo em apenas 7 passos.

Remarketing é o pronto final do funil de vendas e é extramemente importante criá-lo com eficiência pois dependemos dele para aumentar consideralvemente nossa taxa de conversão. No Brasil 97% dos usuários não compram um produto na primeira vez que entram em um e-commerce ou website, o motivo pode ser vários, como pesquisa de preço, ainda não decidiu se vai comprar, etc. Porém independente do motivo pelo qual o usuário saia do seu webiste (analise isso através do analytics para aumentar sua taxa de retenção e diminuir sua taxa de rejeição) o remarketing sempre será bem-vindo, dando assim uma segunda oportunidade para o usuário voltar.

Remarketing-para-Rede-de-Pesquisa-blueberry-marketing-online-2

Caso ele volte e não compre, precisaremos identificar a objeção, analisando:

  • Preço
  • Usabilidade
  • Velocidade do website
  • Clareza nas informações etc

O resultado das campanhas do remarketing estão arrebentando nas maioria das contas em que analiso, porém um erro muito comum quando você tem uma grande gama de produtos é a falta de uma campanha de remarketing dinâmico. Como visto acima, o remarketing dinâmico ajudará a aumentar a relevância de seus anúncios e também tornará a criação e otimização de campanhas muito mais fácil, visto que seria complicado você criar vários grupos de anúncios de uma loja onde tem mais de 200 produtos.

Vale ressaltar que se o investimento é baixo, é melhor criar públicos personalizados para cada URL específica e direcionar os anúncios apenas para esses públicos, pois com uma verba menor é mais interessante focar nos produtos que mais vendem. Lembro apenas que essa é uma recomendação minha, e não deve ser levado sempre a risca.

 

Google Adwords – Resumo das 3 Sacadas:

  1. comprar-internet-adwords-googleAnúncio Dinâmico/Grupo de Anúncios: Deixe os anúncios de sua loja virtual altamente segmentada e relevante para a pesquisa do usuário.
  2. Mapeie a conversão: Trackeie tudo que puder, quando melhor o seu histórico, melhor poderá planejar o futuro e consequentemente ter mais acertos. Com o mapa da conversão 100% claro, foque sempre onde já está gerando mais resultados.
  3. Remarketing Dinâmico: Em média 97% dos usuários deixarão o seu site sem fazer a ação desejada, ou seja, uma compra ou deixar seu e-mail. O Remarketing Dinâmico veio para lhe ajudar a solucionar isso e aumentar a sua taxa de conversão, com apenas uma campanha você poderá anunciar o produto na Rede de Display do Google baseado na experiência do usuário em seu website.

Talvez seja a hora de você analisar e ver a possibilidade de usar esses 3 fatores para lhe ajudar a alcançar suas metas e objetivos, e uma vez configurados é só estudar os resultados e começar a otimizar e planejar o futuro da campanha.

PS: Criarei um post especial sobre Google Merchant/Shopping.

Gostaria de participar do meu treinamento avançado de Adwords para E-commerce?

Clique aqui para entrar na lista de espera da próxima turma.

 

Forte abraço e sucesso sempre!

DESCUBRA OS SEGREDOS DO ADWORDS

Cadastre-se para receber novos conteúdos do meu Blog!

  • Muito bom, eu mesmo já fui influenciado pelo remarketing dinâmico que os grandes e-commerces fazem. E é uma ferramenta que qualquer um, mesmo as lojas de menor porte, podem utilizar!

  • Gerson Aragao

    Excelente Artigo!

  • Muito legal o artigo. E-commerce é realmente uma ferramenta fantástica e deve ser tratada com o mesmo zelo que uma loja física, se não mais.

  • Muito bom Tiago… Belíssimas dicas

  • Sergio Ricardo Rocha

    Tiago, muito bom. Essas informações tem capacidade de mudar os resultados de um negócio. Já utilizo algumas delas e ficarei mais atento, seguindo seus posts para conhecer ainda mais. Parabéns.

  • Rafael

    Ótimo, parabéns!!

  • Arthur Zboralski

    Parabéns, este artigo é uma aula valiosa. Obrigado !

  • marcelo souza

    Parabéns!! Muito bom o artigo! Aguardando mais informações sobre Google Merchant/Shopping. Abraço

  • Arno Alcantara

    Excelente, Tiago! Muito obrigado!

  • Marcello Duarte Vieira

    Parabéns pelo trabalho!! Fantástico!! Sucesso!!

  • Dennis Okada

    Muito TOP!

  • Andriele Ribeiro

    Muito bom o post Tiago!

  • Marcio Eugenio

    Grande Artigo Tiago As sacadas sobre adwords para ecommerce foram incríveis!

    • Olá Marcio, Muito obrigado por comentar aqui no Blog! Forte abraço e sucesso sempre!

  • Andre Sampaio

    Muito bom Tiago! Grandes sacadas. Isso com certeza vai fazer a diferença nas minhas campanhas. Obrigado!

    • Fala André! Que bom que o artigo vai lhe ajudar a melhorar os resultados do seu Adwords. Abraços

  • Nelson França

    Excelente, Tiago. Parabéns!

  • Parabéns pelo site e conteúdo, Tiago, muito bom!. Grande abraço.

    • Olá Alex, você não sabe o quão feliz eu fiquei em ler o seu comentário aqui no meu Blog. Um dos mestres do marketing digital visitando o meu blog não tem preço. Muito obrigado pelo apoio! Forte abraço e sucesso sempre!

  • Bom dia Tiago. Adorei suas orientações, já faz um tempo que busco impulssionar a minha loja virtual, e hoje pesquisando no google sobre como fazer isso, apareceu seu vídeo do Youtube, onde foi muito esclarecedor. Gostaria de saber, se você faz esse tipo de trabalho para os clientes. Aguardo seu retorno. Obrigada e um ótimo dia!

    • Olá Ana Paula, fico feliz em saber que o conteúdo tem ajudado você. Por falta de tempo eu não faço mais esse tipo de serviço, porém posso recomendar minha agência. Envie um e-mail através desse link: http://mestredoadwords.com.br/contato/ . Muito obrigado.

  • Alexandre

    Thiago, parabéns pelo blog e artigo, porém, questiono esse calculo para ROIcpc, ele leva em conta somente os cliques e não a conversão, então não consigo entender por exemplo uma palavra-chave com custo de R$ 0,02 dar prejuízo como colocou no exemplo. Se ele tiver uma taxa de conversão de 0,5% baseado no cliques, ele atingiria 75 vendas do produto de valor de R$ 200,00, totalizando R$ 15.000,00 e com um custo para gerar essas vendas de R$ 300,00.

    Então eu vejo que a palavra-chave é positiva e não negativa como citou.

    O que acha desse meu ponto de vista?

    Abs

    • Olá Alexandre, o que diferencia um resultado do outro é simplesmente a taxa de conversão. Eu dei o exemplo de um CPC de R$ 20,00 a taxa de conversão é boa enquanto o CPC R$ 0,02 a taxa de conversão é péssima. Visto isso o CPC e nem a quantidade de clientes é o que realmente importa, e sim a qualidade do cliente, se realmente esse lead é qualificado. Abraços

  • Pingback: Aumentar as Vendas De seu E-commerce No Fim de Ano()

  • Muito bom. A alguns dias estou estudando sobre Google Adwords.
    Obrigada.

Mestre do Adwords © Todos os Direitos Reservados - 2015 | Desenvolvido por  Blueberry - Soluções Digitais

VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog
VOCÊ GOSTARIA DE REDUZIR EM ATÉ 70% SEUS CUSTOS NO GOOGLE ADWORDS
Preencha seus dados abaixo:
MUITO OBRIGADO!
Seu e-mail está sendo enviado, nós lhe enviaremos o link do ebook em poucos minutos.
Voltar ao blog